Quem deseja comprar um apartamento, certamente planeja seus gastos e põe  tudo “na ponta do lápis”. Mas, não é só o custo do apartamento que deve ser levado em conta, a decoração também é importante e requer planejamento.

Muitas pessoas se deparam com a grande pergunta: “Por onde começar?”. São tantas opções no mercado, tantas ideias.. O seu apartamento deve transmitir sofisticação, conforto, e claro, a sua personalidade. 

Por isso separamos alguns passos que podem te ajudar na hora de planejar a sua decoração.

1- Custo

Defina quanto você está disposto a pagar por toda a decoração do seu apartamento e esteja decidido a não estourar o orçamento já definido.

2- Planejamento

Toda obra tem uma ordem de planejamento. Comece pelo conceito.

Tenha definido o estilo de decoração que você quer, o acabamento, o piso, o papel de parede, eletrodomésticos, móveis, lustres, iluminação, pedras para bancada, louças, arranjos, plantas, quadros, etc.

3- Orçamento

Com o conceito definido, partimos para o próximo passo, orçar tudo o que foi listado, levantar o custo inicial e encaixar na verba definida.

Essa etapa do planejamento dá um frio na barriga, pois dá a sensação de que o investimento é MUITO alto e não vai caber no orçamento. Mas tudo isso depende do estilo da decoração que você escolher, das exigências, dos móveis, etc.

É importante sempre ter consciência de quanto você TEM e de quanto você PODE gastar com a decoração. Suas metas devem ser realistas e tangíveis.

Aqui em nosso blog, demos uma ótima dica de decoração com plantas, o jardim vertical, que além de ficar super moderno e aconchegante, você consegue montar por um preço bem em conta.

Fatores que influenciam no cálculo

O primeiro fator que pode influenciar é o estilo de vida do morador. Se é uma pessoa que gosta muito de cozinhar, certamente, ele gastará mais com utensílios de cozinha do que uma pessoa mais ligada a tecnologia, que gastará mais com eletrônicos.

Um outro custo que pode valer a pena é a contratação de um decorador ou designer de interiores. As vezes, vale o gasto porque o consultor vai te orientar exatamente o que você deve comprar e assim, você evitará gastos extras e desnecessários.

Geralmente, as tabelas de sindicatos dos profissionais, órgãos dos governos estaduais ajudam a calcular o preço total do serviço. Em São Paulo, por exemplo, os honorários de um projeto de design de interiores por completo de 10 m² a 59 m² , de acordo com a Associação Brasileira de Designers de Interiores custam a partir de R$ 76. Mas, dependendo do renome do arquiteto contratado ou do tipo de escritório contratado, o valor de um projeto de decoração pode variar significativamente. Sem contar que é preciso levar em conta o local em que o cliente reside. Os custos de cidades do interior e capitais tendem a ter uma diferença, por exemplo.

Nosso objetivo é realizar sonhos, então, se você está pensando em comprar um apartamento, na Franco Incorporações você encontra os melhores preços e as melhores condições de financiamento. Entre em contato e agende uma visita.

Gostou do nosso conteúdo? Nos acompanhe nas redes sociais, lá você encontra várias dicas sobre imóveis, decorações e construções!